quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Mokona - meu pequeno amigo

Boa noite!

Hoje eu gostaria de falar sobre uma história feliz que durou pouco...

Eu ganhei um hamster de presente de aniversário na adolescencia e ele foi maravilhoso para mim (foi meu primeiro bicho de estimação e eu o adorava). Ele se chamava Link e durou um ano e meio. Eu fiquei desolada quando ele morreu... infelizmente não tenho nenhuma foto dele...

Assim, eu e Marcos pensamos bem e resolvemos comprar um hamster.
Em uma quinta-feira passamos na loja perto de casa e tinham uns filhotes lindos... escolhemos um e deixamos pago, mas só pegaríamos na segunda porque faríamos uma viagem no fim de semana. Um hamster é muito prático para quem mora em apartamento e tem que ficar fora durante o dia. Como eles dormem o dia todo e só acordam no final da tarde, nem dá tempo de se sentirem solitários. A limpeza também é muito simples...

Quando voltamos, o hamster que havíamos escolhido tinha ficado doente (segundo a dona da loja, ele parou de comer e ela o separou dos outros)... então escolhemos um diferente, lindo também! Esse era um panda... e levamos ele para casa super animados.

Preparamos um lar para ele, passamos pelo período de adaptação... ele começou a se acostumar com a gente e a fazer coisas super fofas. Por exemplo, sempre que meu marido estava jogando Minecraft ele ficava olhando para o computador o tempo todo, era impressionante porque ele fazia isso apenas com esse jogo^^

Temos poucas fotos, essas são as melhores... as outras estão com uma qualidade muito ruim...

 Saindo da bolinha que ele adorava tanto e o açucareiro da coleção Hello Kitty Party que eu tinha acabado de comprar (que foi para o lava-louças depois disso hahaha)

Mokona querendo ir pro chão XD Minha Barbie com sua roupa de partinação no gelo, uma fada que veio num ovo de páscoa deste ano e um rolinho de papelão para o playground dele XD

Um dia coloquei minha caixinha de música de carrossel para tocar... o Mokona estava na bolinha andando pela casa. Quando ele ouviu a música parou e começou a dançar... sempre que a gente colocava a música, ele parava e dançava, se balançando de um lado para o outro. Quando a música terminava ele parava!

Minha caixa de música favorita

Coisas assim me faziam amá-lo cada vez mais... ele e o Kero (nosso cachorro que mora com minha sogra e vem pro nosso apartamente nos finais de semana, feriados... como contei neste outro post) se davam super bem... eles se adoravam mesmo. Foi incrível como um se acostumou rápido com o outro.

Fizemos um playground grande para ele brincar, e estávamos planejando fazer um enorme na varanda do apartamento... eu fazia receitinhas para hamster, sempre dava legumes e frutas frescas, alimentação bem variada e balanceada, água mineral e muito carinho. Limpava a gaiola de 5 em 5 dias para evitar o surgimento de fungos. Ele parecia muito feliz.

Mais ou menos um mês depois ele parou de comer (mesmo as comidas favoritas ele não estava pegando) e de beber água direito e eu já estava procurando por um veterinário para ele (infelizmente não tinha nenhum muito perto, então o levaríamos na segunda, quando meu marido voltasse de viagem). Meu marido estava viajando a trabalho e eu estava em casa apenas com o Mokona e com o Kero quando aconteceu... ele estava na bolinha andando pela casa e morreu... eu não pude acreditar e passei o dia todo tentando reanimá-lo. Era um sábado... dois ou três dias depois que ele parou de se alimentar direito... Foi uma sensação de perda horrível... principalmente porque ele era tão jovem... ficamos péssimos, demos um enterro adequado para ele e vamos guardá-lo para sempre no coração. Como ele era pequeno, pegamos um vaso de planta vazio e o enterramos nele. Jogamos pétalas de flores por cima e adicionamos uma placa. Planejamos plantar flores nesse vaso futuramente. Eu não me sentia confortável com as soluções comuns nesses casos, que são jogar no lixo ou na privada... :(

Mesmo com o sofrimento, eu não me arrependo nem um pouco por ter comprado o hamster... Mas gostaría de alertá-los a tormar cuidado ao comprar um bicho de estimação... principalmente hamsters, que são tão frágeis... muitas vezes eles ficam doentes na loja e um contamina o outro... nas lojas nem sempre eles recebem o cuidado adequado, e na maioria das vezes os donos das pet shops nem sabem bem os cuidados que devem ser tomados... Em outros casos, eles já chegam doentes à loja. É muito comum que as pessoas comprem uma femea de hamster e de repente percebem que tem mais 9 na gaiola, sim, as vezes elas engravidam na pet shop, mesmo sendo muito novinhas. Meu primeiro hamster nasceu assim. Meu primo comprou uma femea e uns dias depois ela teve filhotes, um deles foi o Link (meu presente de aniversário). Tenham muito cuidado... hamster não tem vacina como cachorro ou gato, e quando adoecem morrem muito rápido, muitas vezes nem dá tempo do dono perceber que há algo errado. O Mokona, mesmo tendo parado de comer, parecia muito alegre e continuava brincando. Espero que ele não tenha sofrido e que ele descanse em paz.

Eu nunca conseguiria contar todas as coisas fofas que o Mokona fez, e nem o quanto o adorávamos... espero que tenhamos conseguido demonstrar isso enquanto ele estava vivo...

Vocês têm ou já tiveram hamster? Já pensaram em ter? 
Depois vou tentar fazer um post sobre cuidados com hamsters :)

Bjos!

2 comentários:

  1. Ele era muito legal. Eu sempre ficava ansioso para sair do trabalho logo e brincar com ele.

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário!